Century

Aumenta o consumo de aço no Brasil

O Instituto Aço Brasil registrou neste semestre um aumento de 9,3% no consumo aparente de produtos siderúrgicos, na comparação com o ano passado, atingindo a marca de 10,1 milhão de toneladas.

No semestre foram produzidos 17,2 milhões de toneladas de aço bruto, ou seja, uma alta de 2,9% ante ao mesmo período de 2017.

Tubos de aço — A sobretaxa dos EUA, imposta à maioria dos países, fez com que todos estes passassem a vender o aço 25% mais caro e a vender suas cotas, o mais rápido possível, para aproveitar a oportunidade. No caso do Brasil, os tubos de aço revestidos e sem solda já bateram o limite.

Vendas refletem o aumento

Entre as companhias nacionais, as vendas internas das siderúrgicas foram de 8,8 milhão de toneladas, representando uma alta de 9,9% na comparação anual. E as importações avançaram 5,6%, chegando a 1,3 milhões de toneladas, enquanto as exportações caíram 5,7%, entre os meses de janeiro e junho, alcançando 6,9 milhões de toneladas.

Metas para os próximos meses

De acordo com o Instituto Aço Brasil, a projeção para as vendas internas até o final deste ano é de 17,7 milhões de toneladas, o equivalente a uma alta de 5% no ano.

Já em termos de produção, a previsão de crescimento é de 4,3%, ou 35,8 milhões de toneladas.

Além disso, a estimativa para o consumo aparente é de 4,9% de crescimento, totalizando 20,1 milhões de toneladas.

Diante dessas projeções, as importações de aço, que vinham da China, também correm o risco de desacelerar, já que a desvalorização do real tem de certa forma protegido o mercado brasileiro de uma entrada mais agressiva do aço importado.

Fonte: Valor Econômico

Contato
  • ⁠⁠⁠Rua Murta do Campo, 533 - Vila Alpina,
    São Paulo - SP, 03210-010

  • (11) 2729-8581 / (11) 2729-8583
  • contato@centurytubos.com.br
ENVIE UM E-MAIL
Faça um Orçamento Nós te Ligamos
Fale conosco no Whatsapp!