century tubos
Century

UE deve controlar importação de sete tipos de aço do Brasil, diz Valor

A UE (União Europeia) irá impor uma quantidade máxima de produtos, do ramo da siderurgia, para importação, conforme matéria veiculada no Valor nesta segunda-feira (14).

Dos produtos brasileiros exportados para a UE, sete estão na lista: laminados planos a frio, folhas metálicas, laminados planos de aço inoxidável, laminados planos a quente, chapas grossas, perfis e outros tubos sem costurão controle.

No segmento siderúrgico, 18,1% das exportações brasileiras foram destinadas ao mercado europeu.

O bloco pretende estipular cotas, ou seja, cada país terá uma certa quantidade de produtos para exportar para a Europa. A primeira estipulada é a de laminados planos a frio, a qual será de 168,2 mil toneladas a partir de julho. Outra é de folhas metálicas. A cota do produto é de 50,7 mil toneladas em julho, após um ano nesse sistema, a quantidade passa a ser de 53,2 mil toneladas. Já os perfis de aço terão uma cota de 22 mil toneladas, aumentando para 23,1 mil toneladas.

Automobilísticas reclamam da medida e afirmam que terão prejuízo, por ser protecionista e poder diminuir a quantidade do produto no mercado, elevando o preço do mesmo. Já a Eurofer – representante das siderúrgicas europeias – está animada com a possibilidade.

Por fim, os países atingidos pela restrição europeia serão: China, Índia, Rússia, Coreia do Sul, Turquia e Ucrânia. Para que essa medida seja aplicada, os países da UE precisam votar a aprovação nesta próxima quarta-feira (16).

 

Fonte: Valor Econômico

Contato ENVIE UM E-MAIL
Faça um Orçamento Nós te Ligamos
Fale conosco no Whatsapp!